(¯`·._.· HELOÍSA ·._.·´¯)

Suas vivências: coerências e incoerências... sua viagem no Tempo presente, atravessando as pontes do passado.

Conterá Poesia, Prosa Poética e uma abordagem simplificada as diversas formas de ARTE.

Minha finalidade é aproveitar este *ESPAÇO* privilegiado, como veículo de comunicação,
para fazer isso mesmo: *COMUNICAÇÃO* e inter-acção entre quem escreve e quem lê e... vê:*VISITANTES DESTE ESPAÇO*

*PERDOEM A AUSÊNCIA DE ACENTOS*

(¯`·._) Escreva-me (¯`·._)

E-mail

(¯`·._) Meu banner (¯`·._)
Conversando com as Palavras
[ Código ]


(¯`·._) Amigos (¯`·._)

Conversando com as Palavras
ASHERA Concurso de Poesia 2008

Ora, vejamos...
Concurso de Poesia
@ Lulu.com
Contacto
ORA VEJAMOS
ALMA MINHA
137 A Base (inexata) da Ignorância
a Barca de Lyra
Afinidade Mily
Algo Tão Doce!
A Direccao do Voo MARIA DO CEU COSTA
Aqui Maria do Ceu Costa
Arde o Azul
A Procura de Cleopatra Marco Antonio
Ao Sabor da Aragem JMTleles da Silva
Art & Design de Isabel Filipe
Betanices BETANIA
Bodeguita
Branco e Preto I AMITA
Branco e preto
Canção de Outono
Cartas e Pensamentos
Casa de Contos
Ceu & Inferno_Larousse
Cidadão do Mundo
Conversas de Xaxa 4 PETER
E Deus Tornou-se Visível
Hora Absurda HENRIQUE
Encosta do Mar ANA
Entre Outras Mil
Et Alors
EternamenteMenina
Fabio Ulanin
From Within
Heloisa conversando com as palavras2
Holísticos
Hora Absurda II
Jornal Mil e Uma Notas
Letras Ao Acaso
Luz da Minha Alma
Oceano sem fim Antonio Soares
Ocasos
Ofeliazinha
Palavras de Algodao
pátria d'água
Pensamentos de Laura
Peter's
Poemas de Amor e Dor
Porto de Abrigo
Quem Tem Medo de Baby Jane
(re)Criando
Rodrigo Della Santina
Tem Poemas
Trilhas do Olhar
Velho da Montanha, O
Vagueando, Carlos
LAGOS (GELADOS) com ou sem CISNES...II,Valquielo Heloisa

*PARABENS MARIA AZENHA*
Word Land
Zadig

(¯`·._) Lembranças (¯`·._)



(¯`·._) Créditos (¯`·._)



This page is powered by Blogger. Isn't yours?

(¯`·._) sexta-feira, março 05, 2004 (¯`·._)


*** D I V A G A C O E S ***

***COSTURA DE SILABAS, REMENDANDO PALAVRAS***
__________________________________________________


_Hoje, peco aos meus AMIGOS e LEITORES: por favor, relevem, alguma "barbaridade" ou, Incoerencia, que eu possa deixar ,aqui, expressa!

_Hoje, particularmente, apetece-me DIVAGAR!... Andar a volta com os vocabulos, com os Sons, sem construir, propriamente, frases, periodos e, ou, paragrafos, que "facam senso"!.......
...Apetece-me passear, cirandar a volta do Tempo, marcando o Compasso com o Ritmo do Verso ( "inverso") diverso, ou nao!...em que a Rima, nao e' condicao, nem Essencial, para construir EMOCAO!...

_Quero, dancar com as Silabas, a um Passo de Tango ou de Valsa, onde a "devassa" da Alma, e, do Corpo, marque o RITMO... enuncie a Melodia do que um dia, SONHEI : _PAIXAO! _Recolhi, DESILUSAO! Na Vivencia Intensa, duma Profunda Comocao, aonde a Emocao enlaca a FANTASIA!!! e, a um "Pas de deux" livre e Solto...e, envolto em "volteios" ...ascendentes raiando o CEU ou...descendentes, tocando o *Portal do Inferno*!... *Dele*, saem chispas de Labaredas incandescentes _vermelho-alaranjadas_, provocadoras de passos de danca luxuriantes, encandeantes, que queimam a pele gotejante de suor, que, nas maos espalmadas e enlacadas, se alongam no CHAO aonde o CORACAO _a dois_, bate descompassado, a um Unissono "Compasso" ...como num Abraco, que encontra a MORTE, onde o *Principio *,e', a VIDA!!!.............
......E.... neste deambular, DANCAR, RODOPIAR...ao Som da Inaudivel Musica, tangendo no Ventre, Demente, e' o ESPIRITO ,ou...O SENSO, aonde o SISO, nao Habita! _Habitada esta' essa morada, pela Toada das Trombetas dos Querubins, anunciando, aos que ja' se evadiram do peso da "gravidade"(condicionante,deste Plano):_ neste Mundo em Azuis Tapizado _desmaiados e esbranquicados lencois, que envolvem o Leito dos "Bailantes"!...Embalados em Seu "Pas de Deux" Ritmado ao "Toque Quente" das TROMPETAS, que lancam nos ESPACOS, seus "Dourados a *Tom/Som* de MEL...ECOS MAVIOSOS, ao Despontar e Espraiar da ALVORADA!!!.............
...E, quando o *Ultimo Querubim*, deixou de emitir *Seu Estonteante e Encandeante, Melodico Som Muscal*... e, o ECO, se perdeu nos BRACOS DO VENTO...entao...do Fundo do Tempo, ECOOU um Lamento!...E, a Lagrima Cristalizou e, no Chao Branco _sem Lencol_ ,de azuis raiado, o Canto Parou e "Desencantou", o RITMO a "Pas de Deux" e se "Metamorfoseou, no *BAILADO A SOLO*, do Ultimo Passo "DESRITMADO", Cambaleante, "Estonteante e Estonteado"... assim, finalizando, num Ultimo Espasmo, do *CISNE BRANCO,* com a **MORTE ANUNCIADA**!......................

E.....*Baixou o Pano*, desceu a Noite, em Estrelas, derramando "Agua" que, cobre o *Cisne Branco* A CINZENTOS Vestido, de onde ,despontam _Crescem_ ,Lirios Roxos, em jeito de *Manto.*.. Formando Letras *Tremeluzentes*, que Escrevem o EPITAFIO:_*AQUI JAZ O CISNE BRANCO* _que, nao e' *FENIX*:_ Proibido e' ,o seu Renascimento, das *Cinzentas Cinzas*! _SO,' A PALAVRA EMERGE! E... DIVERGE_...quica', sera' (ou nao)... *UM POEMA*!!!.................................


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

__DEIXO-VOS, AGORA, COM ALGUNS *BELOS POEMAS*, DE AMIGOS MEUS ,QUE JA' CONHECEM_!

~~~~~~~~~~~~~~~~~

***TERESA***
********************

Desespero e'
cegamente confundir
preto
branco
amarelo
azul
vermelho
verde

Desespero e'
ja' nem me apetecer
rir
chorar
beijar
bater
amar
odiar

Desespero e'
Na alma fundir
tudo
nada
paixao
indiferenca
fogo
gelo

Desespero e'
Eu!

####################


Caminho
Silenciosa
as horas no ventre
Labios fixos
em mascara de riso
Sofrendo
para la' d Eu...

#######################


Hoje
Transporto comigo
o sabor
do teu beijo
a forca
da tua seiva
e
o meu rumo
e' percorrido
pela tua sombra


####################


Dantes,
tremia so' de ouvir-te...


Hoje,
nada me consola
nada me desperta
nada me adormece...


Sou a ultima habitante
da imensa noite
do desejo...

#######################(Escritos em FEVEREIRO DE 2004)

***MINHA QUERIDA AMIGA TERESA ***
E' uma MULHER SENSIVEL e,
muito Inteligente! e, e' uma POETISA QUE CANTA O AMOR
de uma forma Simples mas muito Bela e, onde cada Palavra
E' um FREMITO DE PAIXAO
UM CANTO SINGELO AO **AMOR**!!!
###########################

_TERESA*!
ESCREVE SEMPRE! E, MUITO! POR FAVOR!
PORQUE, TU*, NAO TE DAS CONTA, DA BELEZA POETICA ,DAS TUAS
SINGELAS PALAVRAS!!!

_EU, ESTOU SEMPRE COM O CORACAO REPLECTO DE AMIZADE E CARINHO PARA SI* MINHA
LINDA AMIGA_!!!

~~~~~~~~~~~HELOISA.
**********************


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


***ZE'***
**********************
******************************


***DIA DOS DESNAMORADOS***
******************************

Lembro-me da ultima vez
Que te segurei a mao
Apressaste-te a tira'-la...

Na verdade nao a queria
So' por a querer pensava
Que se ela pudesse ter
a ti te tinha tambem...

Quiseram beijos meus
Nem sequer experimentar
E fiquei sozinho assim
Contigo no coracao...

Lembro-me da ultima vez
que chegamos de madrugada Cada um a sua casa
Com a mesma praia nos olhos...

Na verdade nao a vi
Mas tinha a areia
Que tu me juraste
Naquele luar...

Quiseram as maos
Nao mais se encontrar
Fiquei com a pele seca
Da tua liquida encontrar...

Lembro-me da ultima vez
Que quase te despi
Sem, sequer te ver
Sonhei contigo...

Na verdade nao queria
Mas tu olhaste-me
Tao meiga que nao resisti...

Quisessem os corpos
Estar assim quentes
A soltrem fumos desejosos
Sem fogo que ardesse...

Lembro-me da tua boca
Do canto dos teus labios sedentos
E eu, sonhador, escrevi um poema
Sem lingua que os moldasse...

Na verdade, nao queria
Namorar-te assim

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


*** A VIDA VISTA DE UMA JANELA ***
**********************************

Quando abriu as asas
Diante daquela nascente
A agua limpida
Sulcou as terras.

E foi crescendo,
abrindo rios.
Casou com o mar
Teve filhos peixes.

Voltou a abrir as asas
num louco impulso,
e voou irrequieta
Durante largas horas.

E foi perdendo-se,
abrindo rotas,
Brincando a semear
Cultivos estranhos.

quando abriu as asas
Cairam nenufares
disfarcados de algodao
A cantar...

~~~~~~~~~~~~~~~~ EU, E' QUE NAO TENHO VOZ PARA CANTAR, TANTA EMOCAO E,
BELEZA, EM VERSO FEITA!!!__.............
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


A minha namorada tem
O sorriso serio
E um corpo de mel.

E' ardente quando chego
e virgem quando parto
Para terras distantes.

Tem olhos doces
e pele de pessego
abandonado no pomar.

A sua alma le
Mais depressa a minha
Que um conto d fadas.

Quando nao a namoro
Fica desolada como uma menina
Ate' a noite terminar.

Mas quando a amo
Parece a Primavera
Com uma flor no peito.


NOTA DO AUTOR:_Por nao ter permissao ate' este momento,
da pessoa visada, o autor optou por deixar o titulo em branco.

(pPoemas escritos em FEVEREIRO DE 2004)

(Em Branco, ficam tambem, os meus comentarios, para que minhas palavras nao "firam"
a DELICADEZA deste POEMA.__........................

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~E, ASSIM ESCREVE O MEU AMIGO ZE'!
POESIA LIMPA!
POESIA SERENA _DE UMA SERENIDADE, EM QUE A PROPRIA SENSUALIDADE,
EMBRULHADA NOS VERSOS, PUROS DE TRANQUILIDADE_ NA "INTRANQUILIDADE" DA EMOCAO CRESCENTE_, NOS FAZ ENTRAR, NA "PELE", DO CORPO DA ESTROFE, E NOS BANHAMOS,
NO O MESMO MAR DE *AMOR*...E, DE MELODICA SINFONIA ENVOLVIDO!..................
..................................................

_PARABENS ZE'! E, MUITO GRATA, POR ME PERMITIR EMBELEZAR O MEU SIMPLES BLOG, COM O BRILHANTISMO SINGELO (BELO) DAS SUAS PALAVRAS! _OBRIGADA E, QUE CONHECA A LUZ DA RIBALTA, POIS, A SUA POESIA, NAO DEVE FICAR ESCONDIDA ! _E' QUASE UM "CRIME"_!
ABRACO DE HELOISA.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


MAIS UM POUCO DE ***FLORBELA***
*********************************

...A MINHA PRINCESA ALENTEJANA ,DE VERSOS ENCANTADA!... E, QUE, NA PLANICIE...CANTA, DISFARCADA DE VENTO!!!.........................
.......................................................


***Os versos que te fiz***
***********************


Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer !
S?o talhados em m?rmore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.

Tem dolencia de veludo caros,
S?o como sedas p?lidas a arder...
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer !

Mas, meu Amor, eu n?o te digo ainda...
Que a boca da mulher ? sempre linda
Se dentro guarda um verso que n?o diz !

Amo-te tanto ! E nunca te beijei...
E nesse beijo, Amor, que eu te n?o dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz.


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
*****************************************E, PALAVRAS PARA QUE???
E' FLORBELA ESPANCA!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

UM POUCO DE MIM:
________________________


(Minha simples forma de HOMENAGEAR FLORBELA!)
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


*** "OS VERSOS MAIS LINDOS QUE TE FIZ" ***
___________________________________________

" Os Versos mais lindos que te fiz"
Ou...aqueles, que desejaria fazer-TE
Mas, minha "arte e engenho" o nao permite
Nem e' possivel em palavras eu dizer-TE!

Como o Sol, passou a outro Brilho ter
O Crepusculo, outros matizes
A noite, outras Estrelas, trouxeram
Iluminando a "TORRE" do meu Castelo!...

"Aquele", que construi' Alem-Fronteiras...
Onde ,nem o Ceu, e' o limite,
Porque, limitado nao esta'
O meu SONHO!...

...Sem muros...que rodeiem minhas possessoes,
Que, de prisoes, nao carecem!
Necessarias, elas, nao se tornam
No Pais do Ilusorio!...

Onde, a LIBERDADE
Nao tem grades!...
Onde, as TORRES
As Ameias
De correntes nao se enfeitam.
Porque, todos os que la' entram
O fazem ,expontaneamente,
E...por la,' se ficam
_LA' SE DEIXAM FICAR_!...
E, nao querem que Ninguem (nada)
As va' resgatar
A essa ,TORRE ENCANTADA
Onde o SOL se Iluminou
E de FOGO se Vestiu
E, as ESTRELAS SE ACENDEM
_E... SE DESPEM_...
Para dancarem sob o palido Brilho da LUA
Sem Preceitos
_NEM PRECONCEITOS_!!!...

...Livres e LEVES...
E, so', quando EXAUSTAS
SE DEITAM!...
Sobre as NUVENS
Adornadas de Espuma e
Reflexos de Sol...
Que, outro Dourado Brilho ,TEM!

E...No macio confortavel
Das Nuvens Suspensas
Sobre as Ondas Ciciantes
De Amenos Mares
Navegam
Ao sabor dos Ventos
Com Perfumes de
JASMINS RENASCIDOS!...
.....................................
E..por la', querem ficar
Prisioneiros
( sem grades)
Nem Muros
Naquele ,Castelo Alem-Fronteiras
Onde, nem o Ceu e' o Limite
_Porque limitado nao ESTA'_
O SONHO e... o Desejo de o SONHAR!...
................................................

_Por TUDO ISTO E, AQUILO_:

"OS VERSOS MAIS LINDOS QUE TE FIZ"
Sao Aqueles que desejaria fazer-TE
Ms...meu "engenho e arte" o nao Permite
Nem e' possivel em Palavras eu DIZER-TE!!!

------------------------------------------------MEUS AMIGOS
E, PACIENTES VISITANTES E LEITORES, HOJE, FICO POR AQUI!
SEM MAIS PALAVRAS COERENTES _HOJE, PROMETI, UM "DISCURSO INCOERENTE"
AO SABOR DA (des)EMOCAO, AO RODOPIAR ESTONTEANTE DO CORACAO... ONDE, A MENTE, INTELIGENTE, NAO TEM MORADA , NEM COMO SIMPLES POUSADA, A DEIXO LA' PERNOITAR, NEM PERMANECER! _ PORQUE, E' TEMPO DO SENSO FENECER E, EM SEU LUGAR, A *LOUCURA *PREVALECER!!!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~A TODOS O MEU ABRACO AMIGO E, OBRIGADA PELA VOSSA GENEROSA PACIENCIA!!....................
HELOISA B.P._


Escrito por Heloísa às 6:22:00 da tarde.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home