(¯`·._.· HELOÍSA ·._.·´¯)

Suas vivências: coerências e incoerências... sua viagem no Tempo presente, atravessando as pontes do passado.

Conterá Poesia, Prosa Poética e uma abordagem simplificada as diversas formas de ARTE.

Minha finalidade é aproveitar este *ESPAÇO* privilegiado, como veículo de comunicação,
para fazer isso mesmo: *COMUNICAÇÃO* e inter-acção entre quem escreve e quem lê e... vê:*VISITANTES DESTE ESPAÇO*

*PERDOEM A AUSÊNCIA DE ACENTOS*

(¯`·._) Escreva-me (¯`·._)

E-mail

(¯`·._) Meu banner (¯`·._)
Conversando com as Palavras
[ Código ]


(¯`·._) Amigos (¯`·._)

Conversando com as Palavras
ASHERA Concurso de Poesia 2008

Ora, vejamos...
Concurso de Poesia
@ Lulu.com
Contacto
ORA VEJAMOS
ALMA MINHA
137 A Base (inexata) da Ignorância
a Barca de Lyra
Afinidade Mily
Algo Tão Doce!
A Direccao do Voo MARIA DO CEU COSTA
Aqui Maria do Ceu Costa
Arde o Azul
A Procura de Cleopatra Marco Antonio
Ao Sabor da Aragem JMTleles da Silva
Art & Design de Isabel Filipe
Betanices BETANIA
Bodeguita
Branco e Preto I AMITA
Branco e preto
Canção de Outono
Cartas e Pensamentos
Casa de Contos
Ceu & Inferno_Larousse
Cidadão do Mundo
Conversas de Xaxa 4 PETER
E Deus Tornou-se Visível
Hora Absurda HENRIQUE
Encosta do Mar ANA
Entre Outras Mil
Et Alors
EternamenteMenina
Fabio Ulanin
From Within
Heloisa conversando com as palavras2
Holísticos
Hora Absurda II
Jornal Mil e Uma Notas
Letras Ao Acaso
Luz da Minha Alma
Oceano sem fim Antonio Soares
Ocasos
Ofeliazinha
Palavras de Algodao
pátria d'água
Pensamentos de Laura
Peter's
Poemas de Amor e Dor
Porto de Abrigo
Quem Tem Medo de Baby Jane
(re)Criando
Rodrigo Della Santina
Tem Poemas
Trilhas do Olhar
Velho da Montanha, O
Vagueando, Carlos
LAGOS (GELADOS) com ou sem CISNES...II,Valquielo Heloisa

*PARABENS MARIA AZENHA*
Word Land
Zadig

(¯`·._) Lembranças (¯`·._)



(¯`·._) Créditos (¯`·._)



This page is powered by Blogger. Isn't yours?

(¯`·._) segunda-feira, outubro 11, 2004 (¯`·._)


***OUTONO E' POESIA***

*DAR A CONHECER ou,AVIVAR MEMORIAS*
--------------------------------------------------------------

_Neste "recem chegado" Outono, inicio, neste meu "Espaco" um Ciclo subordinado ao tema:_Dar a Conhecer ou Avivar Memorias_.

_Dar a conhecer MULHERES E HOMENS deste Tempo e do Tempo Passado, cujos talentos, em diversas areas do Saber, nos marcaram_MARCAM_, ainda hoje!_ELES, "Bordam com Alma" e, incrustam na nossa, *Preciosas Letras*, como se de *Pedrarias de Valor Raro*, se tratasse!................

_Vou, assim, iniciar um "Ciclo de Postagens", talvez qinzenal (sem pontual "Britanico" rigor!); cujo objectivo, e' trazer ao nosso conhecimento ou reavivar nossa memoria; aqueles, que nos encantaram e, encantam! Enriquecem e ensinam, com seus belos Poemas e, ou, Prosa, suas Pinturas, Desenhos, Esculturas e... que sei eu!?... Resumindo:_COM SUA ARTE_!

_A "ordem", sera' arbitraria!_Dependendo, das minhas proprias memorias e, ou, da minha "disposicao"!

_Trarei, aqui, tambem,AQUELES/AS, a quem tenho a honra de chamar AMIGOS* e, o privilegio, de assim ser considerada por *ELES*!_Bem como, trarei aqui, *AQUELES*, que mais me marcaram (MARCAM):_ tanto os do Passado, como os do Presente!_Os Bem Conhecidos do "chamado grande publico", como os *Ilustres Desconhecidos* _ou... QUASE_!
A forma de abordagem, tera' mais a ver com os Sentimentos (meus!), do que com "Academismos"!_Deixo essa parte_Importante_, para os Peritos:_Historiadores, Criticos, Investigadores e... etc... etc...
Eu, sou apenas, uma "mera escrevinhadora de emocoes"!.........................

_Poderei, numa mesma "Postagem", colocar (ou nao...) "poemas ou escritos" meus; dependendo, da extensao do que ja' tenha "postado" e, ou, da minha disponibilidade mental!_Poderei, ainda, escrever Algo, baseado em qualquer Poema ou Frase que sirva de "mote" aos meus escritos! Pretendendo, com isso, SEMPRE, Homenagear Aqueles que me "Oferecem" o *Mote Inspiratorio*!...
...Assim sendo, inicio, poderei dizer:_COM CARTA DE OURO_, porque vou "falar" de *ALGUEM* com IMENSO VALOR e, que me e' particularmente *CARO*(A)!...
_Irei iniciar este Ciclo, com ***MARIA AZENHA***!

_*ELA*, e' para mim, a *POETISA DA MELANCOLIA OUTONAL*! OU, melhor dizendo: *ELA*, e' a ***POETISA DAS QUATRO ESTACOES***!!!!!!!!!!!!!!!!!!
_*POETISA DA PRIMAVERA*:_no seu Lirismo VIVO, nascido, bem na Nascente do Seu SER!
_Brotam seus VERSOS em *Botoes de Rosa* e, de TODAS AS FLORES:Silvestres e Singelas,;ate', as *Raras e Sofisticadas*, que se abrem ao Mundo e invadem Sentidos e Almas, tal qual o "Romper da VIDA", em *Plena Primavera*_Qual Ventre Prenhe, de **Criativa Beleza**!!!............................

_*POETISA DO VERAO*: _Com Suas Silabas Rendilhadas_Silabas_, em Versos compostas, ou, em Prosa formadas_!...
...Ou,com seus *Oleos, Aguarelas*, ou qualquer outro "meio" ou "Suporte", com que ELA, "Pincela" a *Tinta ou a Letras*... IMAGENS QUE SAO *POEMAS*, E, POEMAS QUE SAO *IMAGENS*!
_*IMAGENS*, das mais Invulgarmente Belas!_*Imagens*, onde o *Sol Abrasador do Verao*, inflama nossos Corpos... aquece nossos Coracoes!!!.................................

_*POETISA DO OUTONO*:_que nos faz Sonhar e Elevar a um "Plano" Superior e Magico... onde podemos ,quase, penetrar Seus QUADROS, Seus POEMAS, Vivos e Doces, vestidos nas vestes suaves da Melancolia, Nostalgia, e... alguma *Angustia*!... Contendo, os mesmos, Interrogacoes ou, nos colocando, a nos, essas mesmas Interrogcoes! E, *TUDO ISTO*, nos e' trazido_Oferecido_, numa bandeja de *Prata*!...E, nos transmite uma "Languidez
Palida" _como bem poderia dizer *FLORBELA*( A *OUTRA*, tambem POETISA!); sensacoes essas, que nos obrigam, a semi-cerrar os olhos e, deixar penetrar _vagueando_, de mansinho, na Sua *POESIA DOURADA*:_EM FORMA ESCRITA ,OU, EM FORMA PINTADA!_E, nos transporta, a outros lugares:_MAGICOS LUGARES_... que,so' *ELA* conhece! Mas, que, na sua Generosidade, quer que NOS, conhecamos tambem!
_E, NOS, deixmo-nos "IR"_VIAJAMOS NO SONHO:_SONHO, DA "POSSIVEL PERFEICAO"_!!!......

_*POETISA DO INVERNO*:_a *ARTISTA*, que nos mostra com seu acutilante e brilhante sentido critico, o lado FRIO, deste nosso AZUL E BELO PLANETA:_*AZUL DE AZUIS*_!... que, de tao BELO, pode ser tao CRUEL e Cortante, como laminas afiadas de um GIGANTESTO ICEBERG!...
_*ELA*, ***MARIA***, faz-nos sentir, em seus VERSOS da VERDADE,
O Frio da Solidao.
O Frio do Desamor.
O Frio da Indiferenca, com que o *Humano Ser*, vezes inumeras, "brinda"_Ferindo_, o seu Semelhante:_O SEU IRMAO!
Mas... imediatamente, e, num Renascer de Esperanca, *ELA*, nos leva a sentar a "Lareira", onde crepita o "Madeiro" que Arde nos "Natais", e nos faz penetrar nos Corpos, um *CALOR BOM* e, Morno!... Que, rapidamente,atinge o nosso Coracao, acalenta a Alma e, nos ensina, que a FRATERNIDADE e' possivel e, pode ser VERDADE!
_A Solidariedade, um Dever e uma Necessidade!_ E... O AMOR ACONTECE_!!!..............................................

E... sao *VERSOS*
de AMOR/PAIXAO
AMIZADE/SOLIDARIEDADE
SONHO/ESPERANCA...
MAGIA/REALIDADE... E, tantos outros "Itens" e sentimentos, passando pela CRITICA POLITICO/SOCIAL,que ,MARIA AZENHA, nos oferece!...
_Que, importante e', que nos, a conhecamos MELHOR!
_Naturalmente, Muitos de VOS, ja' a conhecerao! Mas... tantos Outros, talvez nao!! (??)...E, no meu modesto ponto de vista, *ELA*:_MARIA AZENHA:
_Poetisa-Pintora_ARTISTA,em cada pulsacao do seu Coracao!
_ MULHER de MAIUSCULA LETRA:

_Mulher_Mulher!
_Mulher_Mae!
_Mulher_Dor!
_Mulher_Amor!
_Mulher_Vida!
_Mulher_Esperanca!!!
Que, sabe *cantar*, ate', a Morte, o *FINAL*, como **UM PRINCIPIO**_UM RECOMECO_!...
E, eu sei la'... em que "Dimensao" !??....
_Ela, o sabera', quica'!(??)............
...Importa, pois,dizia eu_DIGO EU:_LE-LA!!!
_DIVULGA'_LA!
Porque, *MARIA*, merece estar entre *AS MAIORES*:_Do Presente e do Passado_!
--------------------------------Eis uma pequena "amostragem"
da extraordinaria OBRA de
***MARIA AZENHA***
************************
Mas, antes de continuar,Perdoe-me, *MARIA*, pela pobreza da HOMENAGEM que pretendi (Pretendo!)fazer-Lhe_!
Mas...
O meu Analfabetismo Informatico,
nao me permitiu fazer MELHOR!

..._Como, tambem, tentei colocar algumas fotos, das BELISSIMAS PINTURAS de MARIA*, mas...(pasme-se!) nao fui capaz!
Estou desolada e zangada, comigo, por ser "TAO BURRA"! _Perdoem-me a expressao, mas e' uma realidade:_eu, e um computador, somos absolutamente antagonicos_!
--------------------------------------------
Agora, ALGUNS, dos *BELISSIMOS E INSPIRADOS POEMAS* DE
***MARIA AZENHA***
*******************************
*******************************
*******************************
**O Primeiro Poema**
___________________

No princípio era o Som
E o Som formava todas as coisas
Todas as coisas mesmo antes de existirem
Não havia espaço nem tempo
Nem Sol nem anjos
Tudo era Noite
Permanecia o Um
E a palavra Amor era Som
E a luz era Som
E o Som era a única palavra que existia
E com ele Rá já se movia
Desceu então por ela mesma

Fez-se Dia o Poema
*****************************
*****************************


**A tua boca sobre marte**

mãe — é dezembro
se morreste, porque fazes
tanta força contra os números?
porque fazes tanta força
na matéria?
as máquinas levaram tudo
— a tabuada a lua.
a febre dos satélites entrou pela casa dentro. Ouves?
sentes?... todos os frutos
ao contrário na tabua­
da da neve. e a tua boca sobre
marte. e eu sonhando. sonhando
o alfabeto como uma 'máquina lírica'.
sei agora ao contrário
como se chama o inverno. e as árvores
todas destelhadas pelos ventos
de mercúrio. Ë o teu nome dentro
com toda a força na paisagem:
as páginas
as casas

os peixes encarnados avançando
pelos números.

e a chuva toda lá fora ardendo,
pesada,
sobre a terra inteira como estátuas puras.
como se chama, mãe, a neve agora?
agora, mãe, é janeiro
todo o tempo fora:
— as máquinas levaram tudo,
a tabuada a lua.

*****************************
**********_JA' LI E RELI, e, SEMPRE AS LAGRIMAS "ASSOMAM" A MEUS OLHOS!...................

_Continuando!_Continuo inconformada, de nao ser capaz de colocar as FOTOS!
Mas, deixo a TODOS_Meus Amigos* e Leitores_, o desafio, para procurarem a OBRA_ os LIVROS, DE MARIA*_!
-----------------------------------------------

_Um pequeno apontamento BIOGRAFICO
Para sabermos um pouco mais desta ******MULHER*****!!!!!..............

---------------------------------------
******************************

Bio-BibliografiaMaria da Conceição da Silva Rodrigues Azenha nasceu em Coimbra em 29 de Dezembro de 1945. Licenciou-se em Ciências Matemáticas pela Universidade de Coimbra. Exerceu funções docentes nas Universidades de Coimbra, Évora e Lisboa e em escolas secundárias. É actualmente professora de Matemática na Escola de Ensino Artístico António Arroio. Obras:
Folha Móvel (Edições Átrio, 1987);
Pátria d'Água (Edições Átrio 1991);
A Lição do Vento (Edições Átrio, 1992);
O Último Rei de Portugal (Fundação Lusíada, 1992);
Concerto Para o Fim do Futuro (Ed.Hugin,1999);
O Coração dos Relógios (Edições Pergaminho, 1999);
P.I.M. (Poemas de Intervenção e Manicómio) (Universitária Editora, 2000).
Está representada nas seguintes antologias:
Madrugada 2 (Edição do Movimento de Escritores Novos 1982);
Madrugada 3 (Edição do Movimento de Escritores Novos 1983);
Anuário de Poesia 1 (Assírio & Alvim, 1984);
Anuário de Poesia 2 (Assírio & Alvim, 1985);
Anuário de Poesia 3 (Assírio & Alvim, 1986);
Anuário de Poesia 4 (Assírio & Alvim, 1987);
Água Clara (Edições Património XXI, 1988);
Hora Imediata (Hora Extrema) (Edições Átrio, 1989);
Viola Delta (Edições Mic, 14º Volume 1989);
Antologia de Homenagem a Cesário Verde (Edições da Câmara
Municipal de Oeiras, 1991);
Simbólica 125 Anos (Ateneu Comercial do Porto, 1994).

-------------------------------------------E... Consultar:
Sobre a obra
A ALMA AZUL DE MARIA AZENHA, por MARIA ESTELA GUEDEShttp://www.triplov.com/azenha/burka.html

MARIA AZENHANOSSA SENHORA DE BURKAEdição Alma Azul, Coimbra, 2002, 60 pp.
**************************_Esta, e' uma das Grandes Obras da Autora!).
_Quem nao leu, tente le-LO!
_Alias, TODOS! Porque sao um manancial_! Alias, eu, vou tentar mandar vir de Portugal o mais que me for possivel dos LIVROS de Maria Azenha, ja' que os QUADROS... me sera' de todo, impossivel!......
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

NOTA:_Pesquisas efectuadas atraves do Google. *NO JORNAL DE POESIA*
E, tambem em SITE da AUTOR e, OUTROS!....
--------------------------------------


_MAIS POEMAS*****
**********************MAIS MAGIA******!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
***MAE CANTAVEL***
____________________


entrei no teu corpo
antes de ser corpo
deitei-me no poema do teu sangue
como se fosses o meu primeiro berço
a minha cama nupcial e quente
de brancos e violentos versos
perguntava-te os sons
onde ardiam
onde alucinavam
os meus dias e as minhas noites
e eu navegava lúcida. e dormia.
oh minha mãe marítima
mãe da minha vida cantável
ali recolhida sobre a água
onde tudo principia
onde tudo acontece em lugar algum
quase alga
quase nada
verdíssima
levíssima
disponível

ali

recolhida na substância marítima
das tuas mãos brancas e esguias
brancas
violentas
de tempestades azuis
metáfora dos oceanos em mim
ali estava disponível para a delicada música
sobre as horas vermelhas dos teus rins
gritando no escuro os amargos versos doces
que para sempre perdi

oh mãe genial das grutas e dos violentos iii
dos elementos soltos contra mim
ardo reclinada sobre a chuva
sobre os arbustos dos violinos
de águas tempestuosas
sobre toda a Terra
sobre toda a escrita inteira agora
necessária
falível
reinventada


escrevo sobre as horas luminosas
o valor das vogais salgadas
agora deusas
âncoras de tempo
que eu invoco

ainda alga ainda ovo
ainda casa
mátria rumorosa navegável
para o esplendor
da
morte
**********************


***Ovo Nuclear***
___________________

este reencontro com o Silêncio na procura de mim mesmo
esta busca de Paz em cada ave
em cada movimento
como uma janela entreaberta


este centro que
evolui com a paisagem

esta Viagem ao país do meu rosto
a minha janela fotográfica
este cigarro que acendo
e
que procura
o
Ovo
************************

***O Rosto do Deserto***
____________________

o meu rosto procura o deserto
onde a nudez é cálida
uma forma solar de silêncio
que avança para o centro
para o núcleo da página.
procura não em vão
a música
em que é preciso transformar-me

uma música ardente
no interior da lágrima

um diamante d'água .
************************


***Eis o que Meus Gritos Cantam***
___________________________


belas são as tuas esmeraldas de palavras
redondas pedras verdes redondas
redondas pedras de fogo e sangue.
és um livro cintilante o teu canto uma harpa d’ água
o mistério atravessa-nos com as suas macieiras de
sono
e os mortos por vezes levantam-se com uma estrela na
boca
um grito admirável
por vezes os mortos levantam-se e de repente estão
vivos
eis o que os teus passos cantam em volta da minha
cabeça
e eu falo da minha loucura onde estou só
a minha loucura é um homem verde
espantado com o seu próprio silêncio.
e eu falo de uma árvore que voava pelas folhas dentro

pela luz verde da sua solidão
e cantava durante todo o tempo
o meu coração em chamas .
quem enche as minhas noites com esta canção?
oh Aquele por quem eu chamo tem a boca coberta de
fogo
e as suas veias são as minhas mãos transformadas em
espelhos:
uma deslumbrante visão
uma loucura sem portas

eis o que os meus gritos cantam
no rosto verde de Deus.

2003-10-25
**************************SEM PALAVRAS!_Pela minha votade, estava aqui ate' onde o coracao me levasse... e, transcrevia CENTENAS de EXtraordinarios
*POEMAS* (UM* E' MELHOR QUE O OUTRO*!), sem me cansar! Mas... corro o risco de vos cansar a VOS queridos e pacientes AMIGOS E LEITORES! Assim, lanco-vos o repto, para irem a procura dessa Cria tiva e Sensivel MULHER de *LETRAS E ARTES*!!!....

(E... so' mais ESTE*):


***ESTE POEMA COMEÇA COM O SILÊNCIO***
____________________________________

este poema começa com o Silêncio
podia também começar com uma luva branca
dobrada sobre uma cama azul a esta hora
em que uma criança acaba de nascer
e a loucura é o seu nome múltiplo
o seu espelho inúmero
pétala a pétala a luz beijar-lhe-á os olhos
subirá pelas mãos no espaço de um segundo
enquanto do Silêncio restará apenas
uma pedra azul uma pedra enorme
do deserto
no centro dos seus olhos
choverá no entanto no oceano a esta hora
em que cairão lágrimas como peixes azuis
no fundo da Terra o seu nome empurra-as
para diante dançam aquaticamente
contra o grande uivo certos gritos certos gritos
são como recortes cintilantes dum jornal
que atravessam as trevas do papel
uma coroa de espinhos à volta das letras
com a sua loucura azul
esta criança passa para diante do futuro
distribuindo alimentos às portas do mundo
e os grandes nunca a receberão
apenas pelo nome que transporta
como uma lâmpada gigante
saberão que o seu nome é loucura
e tu e tu e tu também
se ainda podes ouvir o nome dela
na distância de ti no meio do turbilhão
levanta-a no centro da tua cabeça
leva-a a todas as partes da Terra
pois os grandes e os poderosos escondê-la-ão
que passam a vida cantando o vil metal
com letras imundas num pedestal
fomos nós que a gerámos ao pé de cada árvore
que ainda resta com a lua e o sol
como pode haver pecado na criação
todos nós os puros e os impuros
este poema que começou com o Silêncio
começa agora aqui se ainda podes ouvir
com os sons dos búzios da tua infância
tu e eu eu e tu
arrastamo-la para sempre
para o centro do mundo
de coração
a
coração

******************************
******************************
_COM TODO O MEU CORACAO, EU LHE DIGO*, QUE NAO SEI QUE HEI-DE DIZER, PORQUE SUAS PALAVRAS ME EXTASIAM E, PENETRAM EM TODO O MEU SER*!!!!!!!!!!!!!!!!
DE CORACAO, A CORACAO, lhe digo que SEUS POEMAS SAO UMA *PAIXAO* QUE NOS PENETRA NO SANGUE ATE' ATINGIR A ALMA* E NOS LEVAR A QUESTIONAR:_QUEM E' ESTA *MULHER*???_QUE MUSA A INSPIRA_??? E, ME LEVA A PEDIR-LHE, POR *TUDO* AQUILO EM QUE CRE:_NAO DEIXE, JAMAIS, DE NOS OFERTAR A SUA ARTE:_ A DA ESCRITA E A OUTRA*... A DAS TELAS E PINCEIS!_ OU, SEJA LA' QUAL FFOR, O "SUPORTE" OU O" MEIO"!....

_NO "FIM", NOS (EU!), SAIMOS "GANHADORES", USUFRUIDORES DE SUAS *PRENDAS*_!

_OBRIGADA MARIA*_!
*************************
_ADENDA:
_Eu, estou num grande dilema de consciencia:_ se por um lado, desejo dizer aqui, EXPRESSAMENTE, quem e'* MARIA AZENHA*, neste MUNDO CIBERNETICO! (???) Porque, quem ELA e', ja' nos sabemos:_GRANDE MULHER! _GRANDE ESCRITORA!_ Mas, aqui na *BLOGOSFERA*(como soi dizer-SE...)!???...E, porque, ESTA MULHER_ LINDA E MARAVILHOSA_, e' de uma SIMPLICIDADE a toda a prova:_ o que a ENALTECE A MEUS OLHOS_! E, penso, que aos olhos de qualquer UM*, que aprecie a *GRANDEZA da SIMPLICIDADE_!

_Pois bem: _MARIA*, faz o favor de ser *MINHA AMIGA* e, de muitos Outros, dos meus LITORES E AMIGOS_!

_ELA*, simplesmente, me disse:"FACA O QUE SEU CORACAO MANDAR"!_Meu coracao, MANDA, que eu, "GRITE AOS QUATRO VENTOS", quem e' MARIA AZENHA! Mas, por outro lado, meu coracao ,minha lealdade e discricao, tambem me dizem, que, se MARIA* usa (tal como eu e, outros...)um PSEUDONIMO, e' porque ,desejara' manter algum "DISCRETO ANONIMATO"!!... Entao, terei eu, o direito, de quebrar esse sigilo!(???)_RECEIO QUE NAO!
_Deixo, entao, ao criterio dos interessados (PORQUE,AQUI, SO' ESTA' UMA LIGEIRISSIMA AMOSTRA, DO MUITO QUE MARIA AZENHA JA' PRODUZIU! Da IMENSIDAO DA SUA *OBRA*!); a pista ,e, o ""ABRIR DE APETITE"_PESQUISEM_! E, de degrau em degrau, acabarao por chegar a conclusao_ Quem e,' MARIA AZENHA, nesta nossa "TERTULIA BLOGUEIRA"!!!(???)..................
_Neste momento, ja' ha' ,quem saiba bem, quem ELA E' (os AMIGOS mais chegados, saberao, por certo!) _.

_FICA O DESAFIO_!

MAS, em especial, lanco-vos o verdadeiro DESAFIO, que e,' conhecerem a EXTRAORDINARIA OBRA DE MARIA AZENHA; lendo seus LIVROS !COMPRANDO SEUS LIVROS! OFEECENDO SEUS LIVROS! Ensinando a nossos filhos e netos, quem e' esta MULHER! _MULHER ,DE "M", MUITO MAIUSCULO_!

_AMIGA QUERIDA,* oBRIGADa, por me dar a HONRA, de lhe chamar de *AMIGA*! E, OBRIGADA, pelo que me ensina, atraves da SUA OBRA*! E... OBRIGADA POR EXISTIR, *SENDO*!
...E... perdoe-me, por favor, que esta HOMENAGEM, que pretendi fazer-LHE, seja tao modesta, tao AQUEM, daquilo, que MINHA LINDA AMIGA MERECE!

_ABRACOS MIL, *MARIA*!_SEJA FELIZ E PROSPERA!!!!!!........

MEUS AMIGOS*, mais uma vez, OBRIGADA por me LEREM e, OBRIGADA, MIL VEZES MIL, por me distinguirem, com VOSSA preferencia e AMIZADE*!

_VOSSA, de Coracao,
Heloisa.
*******************************************************************





















Escrito por Heloísa às 6:12:00 da tarde.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home