(¯`·._.· HELOÍSA ·._.·´¯)

Suas vivências: coerências e incoerências... sua viagem no Tempo presente, atravessando as pontes do passado.

Conterá Poesia, Prosa Poética e uma abordagem simplificada as diversas formas de ARTE.

Minha finalidade é aproveitar este *ESPAÇO* privilegiado, como veículo de comunicação,
para fazer isso mesmo: *COMUNICAÇÃO* e inter-acção entre quem escreve e quem lê e... vê:*VISITANTES DESTE ESPAÇO*

*PERDOEM A AUSÊNCIA DE ACENTOS*

(¯`·._) Escreva-me (¯`·._)

E-mail

(¯`·._) Meu banner (¯`·._)
Conversando com as Palavras
[ Código ]


(¯`·._) Amigos (¯`·._)

Conversando com as Palavras
ASHERA Concurso de Poesia 2008

Ora, vejamos...
Concurso de Poesia
@ Lulu.com
Contacto
ORA VEJAMOS
ALMA MINHA
137 A Base (inexata) da Ignorância
a Barca de Lyra
Afinidade Mily
Algo Tão Doce!
A Direccao do Voo MARIA DO CEU COSTA
Aqui Maria do Ceu Costa
Arde o Azul
A Procura de Cleopatra Marco Antonio
Ao Sabor da Aragem JMTleles da Silva
Art & Design de Isabel Filipe
Betanices BETANIA
Bodeguita
Branco e Preto I AMITA
Branco e preto
Canção de Outono
Cartas e Pensamentos
Casa de Contos
Ceu & Inferno_Larousse
Cidadão do Mundo
Conversas de Xaxa 4 PETER
E Deus Tornou-se Visível
Hora Absurda HENRIQUE
Encosta do Mar ANA
Entre Outras Mil
Et Alors
EternamenteMenina
Fabio Ulanin
From Within
Heloisa conversando com as palavras2
Holísticos
Hora Absurda II
Jornal Mil e Uma Notas
Letras Ao Acaso
Luz da Minha Alma
Oceano sem fim Antonio Soares
Ocasos
Ofeliazinha
Palavras de Algodao
pátria d'água
Pensamentos de Laura
Peter's
Poemas de Amor e Dor
Porto de Abrigo
Quem Tem Medo de Baby Jane
(re)Criando
Rodrigo Della Santina
Tem Poemas
Trilhas do Olhar
Velho da Montanha, O
Vagueando, Carlos
LAGOS (GELADOS) com ou sem CISNES...II,Valquielo Heloisa

*PARABENS MARIA AZENHA*
Word Land
Zadig

(¯`·._) Lembranças (¯`·._)



(¯`·._) Créditos (¯`·._)



This page is powered by Blogger. Isn't yours?

(¯`·._) sábado, agosto 27, 2005 (¯`·._)


***PARABENS, QUERIDA TAIS***

*Linda Rainha Nefertari*
***************************
Tenha um Dia de Aniversario,
o mais perfeito possivel!
PARABENS E FELICIDADES!
***************************

_Deixo aqui, para uma Talentosa Poetisa,
um Extraordinario POEMA
de uma EXCEPCIONAL *TALENTOSA* POETISA!!!!!

ELA, e' ja', sobejamente conhecida: dispensa pois, as minhas modestas apresentacoes!

***MARIA AZENHA***
***********************

*isto de ser poeta*

(posso dizer que depois de a ler
não posso abrir “ o quarteto
a solo” incomoda como andar
ao Sol num dia de verão
sem ter um banco de jardim
onde pousar as letras)

hoje em dia um poeta
vale menos do que um cão
isto de deixar fugir os versos
pela internet dentro
causa-me uma grande aflição
e se amanhã eles não estiverem lá
que posso eu fazer
é muito perigoso escrever livros
hoje em dia hoje
vêm os vírus e apagam tudo
afectam as paredes do pc
não fica mesmo nada
é como se fosse tudo cego
o écran esconde as letras todas
ai senhor doutor ai senhor
doutor tenho uma dor de versos
tenho muito medo
preciso que me valha
sofro com isto tudo
é como se o meu sangue
fugisse todo pelo écran dentro
acordar de manhã ir ao sítio certo
e não ver lá nada
isto de ser poeta é uma grande aflição
ai senhor doutor ai senhor
doutor se calhar o melhor é ficar quieta
não escrever nada ficar muito quieta
ficar tudo na cabeça
não usar shampoo
porque os versos podem apagar-se
fugir todos como no écran
ai senhor doutor o remédio é ficar quieta
escrever coisas sem importância
pode alguém espreitar e apagar tudo
que é pior do que roubar alguém
pois não fica nada
e amanhã senhor doutor os poetas
escreverão poemas
só com uma simples troca de olhares
e os versos voltarão a ver-se

ai senhor doutor ai senhor doutor
isto de ser poeta

é uma grande aflição

****************************

_Eu, e' que fico numa "aflicao",
porque me fogem todas as palavras!

_OBRIGADA, *MARIA*, por nos dar TANTO!
**********************
Poema encontrado AQUI:http://www.secrel.com.br/jpoesia/mazenha01.html#isto
_Ha' la' mais!!!!!!!!
E, no meu recente espaco, no Multiply, tambem ha' la' MAIS: De Maria Azenha e Florbela, para homenager minha *BELA TAIS*!!!!!!!

OUTRO,
Ainda,
de

***MARIA AZENHA***
-------------------------


*Verdes serenos verdes*

verdes perfis
serenas estradas
rotas
palavras que dormem como barcos
pela metade das casas


brancas mágicas
suspensas
por asas.

palavras miraculosas
que
nos chamam devagar

palavras -diamantes
ru-
mo
rosas

num amplexo de ar

*********************

(Sem Palavras!)

_Maria Azenha,
Minha Boa Amiga,
Perdoe, eu nao cconseguir dar a mesma forma aos Poemas,
tal como, Eles estao publicados!
Estes*, "achei-OS" no *Jornal de Poesia*!

_Espero bem, nao estar infringindo alguma lei, publicando-OS aqui_!!!

_La', se encontram ESTES e, OUTROS,
POEMAS de MARIA AZENHA e... de muitos OUTROS
excelentes POETAS E ESCRITORES!
............................................................

Nao resisto a tentacao, de deixar aqui,
tambem,

FLORBELA ESPANCA
*********************

*Mais Alto*
************

Mais alto, sim! mais alto, mais além
Do sonho, onde morar a dor da vida,
Até sair de mim! Ser a Perdida,
A que se não encontra! Aquela a quem

O mundo nao conhece por Alguém!
Ser orgulho, ser águia na subida,
Até chegar a ser, entontecida,
Aquela que sonhou o meu desdém!

Mais alto, sim! Mais alto! A Intangível
Turris Ebúrnea erguida nos espaços,
A rutilante luz dum impossível!

Mais alto, sim! Mais alto! Onde couber
O mal da vida dentro dos meus braços,
Dos meus divinos braços de Mulher!

***Florbela Espanca***
**********************
**********************

*TAIS QUERIDA*,

"Mais Alto, sim MAIS ALTO"!!!!!!!!
Sempre a Subir Rumo ao Infinito!...
Nao se detendo, nas encruzilhadas,
Ate' ao almejado
SONHO NAO CUMPRIDO,
Tornando-O,
Numa "Estonteante e Brilhante, Realidade!!!!!!

------------------------------------------Meu Abraco Imenso para SI*!
Meu Abraco Imenso, para TODOS OS AMIGOS,
que, ainda, tem paciencia para me aturar!!!

Sua,Vossa,
Heloisa.
*************


Escrito por Heloísa às 7:51:00 da tarde.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home