(¯`·._.· HELOÍSA ·._.·´¯)

Suas vivências: coerências e incoerências... sua viagem no Tempo presente, atravessando as pontes do passado.

Conterá Poesia, Prosa Poética e uma abordagem simplificada as diversas formas de ARTE.

Minha finalidade é aproveitar este *ESPAÇO* privilegiado, como veículo de comunicação,
para fazer isso mesmo: *COMUNICAÇÃO* e inter-acção entre quem escreve e quem lê e... vê:*VISITANTES DESTE ESPAÇO*

*PERDOEM A AUSÊNCIA DE ACENTOS*

(¯`·._) Escreva-me (¯`·._)

E-mail

(¯`·._) Meu banner (¯`·._)
Conversando com as Palavras
[ Código ]


(¯`·._) Amigos (¯`·._)

Conversando com as Palavras
ASHERA Concurso de Poesia 2008

Ora, vejamos...
Concurso de Poesia
@ Lulu.com
Contacto
ORA VEJAMOS
ALMA MINHA
137 A Base (inexata) da Ignorância
a Barca de Lyra
Afinidade Mily
Algo Tão Doce!
A Direccao do Voo MARIA DO CEU COSTA
Aqui Maria do Ceu Costa
Arde o Azul
A Procura de Cleopatra Marco Antonio
Ao Sabor da Aragem JMTleles da Silva
Art & Design de Isabel Filipe
Betanices BETANIA
Bodeguita
Branco e Preto I AMITA
Branco e preto
Canção de Outono
Cartas e Pensamentos
Casa de Contos
Ceu & Inferno_Larousse
Cidadão do Mundo
Conversas de Xaxa 4 PETER
E Deus Tornou-se Visível
Hora Absurda HENRIQUE
Encosta do Mar ANA
Entre Outras Mil
Et Alors
EternamenteMenina
Fabio Ulanin
From Within
Heloisa conversando com as palavras2
Holísticos
Hora Absurda II
Jornal Mil e Uma Notas
Letras Ao Acaso
Luz da Minha Alma
Oceano sem fim Antonio Soares
Ocasos
Ofeliazinha
Palavras de Algodao
pátria d'água
Pensamentos de Laura
Peter's
Poemas de Amor e Dor
Porto de Abrigo
Quem Tem Medo de Baby Jane
(re)Criando
Rodrigo Della Santina
Tem Poemas
Trilhas do Olhar
Velho da Montanha, O
Vagueando, Carlos
LAGOS (GELADOS) com ou sem CISNES...II,Valquielo Heloisa

*PARABENS MARIA AZENHA*
Word Land
Zadig

(¯`·._) Lembranças (¯`·._)



(¯`·._) Créditos (¯`·._)



This page is powered by Blogger. Isn't yours?

(¯`·._) sexta-feira, abril 09, 2004 (¯`·._)


***FELIZ PASCOA***

*PASCOA/RENOVACAO/*RESSURREICAO*
****************************************

*MEUS AMIGOS*

Venho aqui, apenas, para VOS desejar _a TODOS sem excepcao de A a Z_ que me tem visitado e, deixado suas Palavras Amigas, Carinhosas, de Estimulo... neste Espaco, de *FOMENTAR AMIZADE*; bem como, aos que me escrevem e, ou, telefonam_ QUE TODOS VIVAM uma *SANTA E FELIZ PASCOA*_!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
++++++++++++++++++++++++++++++++

_Vou transcrever, aqui, a mensagem que enviei aqueles de quem tinha o respectivo Endereco: _E' uma mensagem singela, pois ando "arredada" da escrita! Porem, ELA ,e' ditada pelo meu CORACAO!
__Aqui fica, para TODOS, os mais e, os menos, assiduos a este espaco:_


***PASCOA EM AMOR***
***********************

QUE OS *DOCES* E, O ESPIRITO
DE "RENOVACAO" _RESSURREICAO_
DA *PASCOA* ESTEJA NO SEIO DA VOSSA FAMILIA E, DENTRO DE VOSSOS CORACOES!
E, PERMANECA PARA ALEM
DO TEMPO "ESTIPULADO"!
QUE OS "OVOS AMENDOAS E NINHOS" E AFINS... ESTEJAM PRESENTES, DIARIAMENTE, A VOSSA MESA!

UM ABRACO AMIGO, DE VOSSA AMIGA;
HELOISA.
********************************
********************************
********************************
_Expresso, assim, um pouco do meu Sentir! E, o meu muito carinho e gratidao em relacao a VOS e a Vossa AMIZADE*!

_Perdoem-me a minha longa ausencia e a pobreza do meu verbo_!

_Fiquem o mais FELIZ possivel, no seio de VOSSAS FAMILIAS_!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

_Nao parto, sem vos deixar com um POEMA, de POETA MAIOR e... tambem Ele*, de minha "eleicao"!

_Posteriormente, quando me for possivel regressar ao Vosso convivio, com regularidade, desenvolverei mais um pouco, acerca DESTE e dos OUTROS POETAS, que tenho aqui abordado!
-------------------------------------------------
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
***TEIXEIRA DE PASCOAES***
********************************

*CANCAO DA NEVOA*
______________________


Tristezas leva-as o vento;
Vao no vento; andam no ar...
Anda a espuma a tona de agua
E a flor da noite o luar...

Vindes dum peito que sofre?
De uma folha a estiolar?
Donde vindes, donde vindes,
Tristezas que andais no ar?

Efluvios, emanacoes,
Saidas da terra e do mar,
Sois nevoeiros de lagrimas
Que o vento espalha, no ar...

Suspiros brandos e leves
De avezinhas a expirar;
Ermas sombras de cancoes
Que ficaram por cantar!

Brancas tristezas subindo
Das fontes, que vao secar!
E das sombras que, a noitinha,
Ouve a gente murmurar.

Saudades, melancolias,
Que o Poeta vai aspirar...
Melancolias e magoas,
Que sao almas a voar.

E o Poeta solitario
Fica a cismar, a cismar...
Todo embebido em tristezas,
Levadas na onda do ar...

E o Poeta se transfigura,
E' a voz do mundo a falar!
E aquela voz tambem vai
No vento que anda no ar...

***************************
***************************


***Teixeira de Pascoaes***
nasceu em 1877 e faleceu em 1952.
--------------------------------------

Pequeno Apontamento:
_____________________
Teixeira de Pascoaes (Joaquim Pereira Teixeira de Vasconcelos) nasceu em Gatao (1877-1952), concelho de Amarante ( PORTUGAL). Frequentou o curso de Direito na Universidade de Coimbra, dedicando-se depois a advocacia em Amarante e no Porto.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Consultas nestes enderecos:

http://members.tripod.com/migo1/obr_pascoaes.html
E
Projecto Vercial: http://www.ipn.pt/literatura/pascoaes.htm
___________________________________________________
***************************************************

*****P A S C O A F E L I Z *****
****************************
***A B R A C O***
VOSSA HELOISA.
_____________________________
*****************************






Escrito por Heloísa às 9:31:00 da tarde.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home