(¯`·._.· HELOÍSA ·._.·´¯)

Suas vivências: coerências e incoerências... sua viagem no Tempo presente, atravessando as pontes do passado.

Conterá Poesia, Prosa Poética e uma abordagem simplificada as diversas formas de ARTE.

Minha finalidade é aproveitar este *ESPAÇO* privilegiado, como veículo de comunicação,
para fazer isso mesmo: *COMUNICAÇÃO* e inter-acção entre quem escreve e quem lê e... vê:*VISITANTES DESTE ESPAÇO*

*PERDOEM A AUSÊNCIA DE ACENTOS*

(¯`·._) Escreva-me (¯`·._)

E-mail

(¯`·._) Meu banner (¯`·._)
Conversando com as Palavras
[ Código ]


(¯`·._) Amigos (¯`·._)

Conversando com as Palavras
ASHERA Concurso de Poesia 2008

Ora, vejamos...
Concurso de Poesia
@ Lulu.com
Contacto
ORA VEJAMOS
ALMA MINHA
137 A Base (inexata) da Ignorância
a Barca de Lyra
Afinidade Mily
Algo Tão Doce!
A Direccao do Voo MARIA DO CEU COSTA
Aqui Maria do Ceu Costa
Arde o Azul
A Procura de Cleopatra Marco Antonio
Ao Sabor da Aragem JMTleles da Silva
Art & Design de Isabel Filipe
Betanices BETANIA
Bodeguita
Branco e Preto I AMITA
Branco e preto
Canção de Outono
Cartas e Pensamentos
Casa de Contos
Ceu & Inferno_Larousse
Cidadão do Mundo
Conversas de Xaxa 4 PETER
E Deus Tornou-se Visível
Hora Absurda HENRIQUE
Encosta do Mar ANA
Entre Outras Mil
Et Alors
EternamenteMenina
Fabio Ulanin
From Within
Heloisa conversando com as palavras2
Holísticos
Hora Absurda II
Jornal Mil e Uma Notas
Letras Ao Acaso
Luz da Minha Alma
Oceano sem fim Antonio Soares
Ocasos
Ofeliazinha
Palavras de Algodao
pátria d'água
Pensamentos de Laura
Peter's
Poemas de Amor e Dor
Porto de Abrigo
Quem Tem Medo de Baby Jane
(re)Criando
Rodrigo Della Santina
Tem Poemas
Trilhas do Olhar
Velho da Montanha, O
Vagueando, Carlos
LAGOS (GELADOS) com ou sem CISNES...II,Valquielo Heloisa

*PARABENS MARIA AZENHA*
Word Land
Zadig

(¯`·._) Lembranças (¯`·._)



(¯`·._) Créditos (¯`·._)



This page is powered by Blogger. Isn't yours?

(¯`·._) quarta-feira, março 22, 2006 (¯`·._)


***PRIMAVERA***

*UMA SAUDACAO A PRIMAVERA*
*E, NELA, SAUDO TODOS OS MEUS AMIGOS*!
*******************************************


*PRIMAVERA*
----------------


Primavera!...

Quem sabe, se vira'?...
E, com ela trara'
A Esperanca que
Incessantemente procuro
E, nao sei onde esta'!

Quem souber,
Quem *A* encontrar
Por favor, me avise
quero-A visitar!

Nos caminhos que percorro
( que percorri...)
Dela me afastei
e, penosamente,
Dela* me perdi!

Primavera...
E' o Tempo Dela!
O Tempo
De reflorir,
E',O Tempo,
De "AO TEMPO"SORRIR!...

Quem no seu caminho
*A* "Achar",
Por mim, a queira cumprimentar;
E, de mim, "Novas Lhe De"!
_Digam-Lhe, que *A* nao esqueci.
Apenas, as estradas troquei
E, nas "veredas" me enganei!...

...........................

Numa clareira me achei,
Cercada de "Sebes"
Altas, Abruptas
E, AGRESTES!
E... como que num "Labirinto",
Andei sem cessar:
Para ca' e, para la'...
Em semi-circulos...
Aos "Zig-Zagues",
Ate', de exaustao,
Me esgotar!...

Parei, entao!
Sentei-me no chao:
Humido, nao do "Humus"
Que prenuncia Vida;
Mas, sim, de uma especie lodosa,
Que ao solo me prende
Nao me permitindo erguer
E, dele, me Soltar;
E, em agil "Liberdade",,
A SEBE, ABRUPTA, SALTAR!!!!

...........................

La' no Alto,
Bem por cima da Sebe:
_Serpenteante, Espinhosa e Escura_...
Vejo "abismada",
O SOL ACORDAR
E SE LEVANTAR!...
Vejo, como Ele Se Passeia
Nos Espacos Infinitos...
Se volteia...
Se ILUMINA,
ENCANDESCENTE
Encandescendo os Astros,
E as Gentes!

E, o TEMPO_SEM TEMPO_...

E,
depois, de satisfeito com Seu desempenho;
Seu Rebrilhar...
Ao "Descer"
Passa pela LUA*
SAUDANDO_A, _PRAZEROSO_...
Antes da LUZ APAGAR
E NO LEITO DE ESTRELAS
Finalmente, Se DEITAR!...

.........................

Tal como ELES:
*SOL E LUA*,
Numa danca e, num
"Desencontro" Eterno...
Eu me perco.

Eu me esqueco,
Que, "Algures" por ai'...
Renascera' uma PRIMAVERA
(QUAL FENIX...),
Se enfeitara' de Flores
E Sorrisos
Prenhes de AMORES!...
E, por todo o lado:
_Do lado de LA', da Clareira,
De Altas e Tenebrosas Sebes,
Cercada_,
A VIDA EXPLODIRA'!

_Explodira',
Num Renascer Imparavel,
Atravessando Florestas:
_FLORESTAS DE TEMPO_
E... ao TEMPO,
SUPLANTARA',
Anunciando a Boa Nova
Da RECRIACAO
DA ESPERANCA NA CONTINUACAO!...

Da Semente, que germinara'
E, em VIDA,
A *VIDA*, CONTINUARA'!!!!!

.....................

*Aqueles*, Ditosos*,
Que,
Encontrarem no seu caminhar,
A PRIMAVERA A CANTAR:
_Um Canto
De Petalas de Vento_,
Numa Poesia de Explosao,
De Emocao,
De ALEGRIA...
Porque, o Tempo se RENOVOU
E, a Esperanca,
De ESPERANCA
Se ENFEITOU!...

E, qual Feiticeira,
Se engalanou e DANCOU
Ao Redor da FOGUEIRA
Que em PAIXAO ABRAZOU,
Entoando, Hinos de LOUVOR
A RENOVACAO
_DA VIDA_!...

Nao *A* DEIXEM SEGIR VIAGEM:
_PEGUEM-LHE NA "BAGAGEM"
(pesada de amores e flores...)
E...
Convidem-Na,
Para em Vossa Casa se Hospedar_!

Depois, de ELA ACEITAR
Sirvam-LHE delicioso MANJAR:
_PETALAS E NECTARS_...
Chamem os Tocadores
De Violinos, de Harpa...
Chamem os Trovadores:
Cantadores, de
*Cantigas de AMIGO e de AMOR*...
E...
Nao deixem as Chamas
Da Fogueira
Apagar!
Nem os Cantadores,
NEM OS POETAS,
Sem Versejar E Cantar!...

E...

Nao se esquecam da CEIA
_AO LUAR_!
DAS FONTES E RIOS A
RUMOREJAR...
Numa Sinfonia Dolente!...

.....................

Oferecam-LHE,entao,
UM LEITO MACIO
DE PLUMAS E PETALAS
PERFUMADO!
Conviden-NA a DESCANSAR
E, A NOITE CONVOSCO PASSAR:

_EM VOSSO LAR_
SOB A ABOBADA CELESTE VESTIDA DE NUVENS
E, AS ESTRELAS A ILUMINAR...

_ACENEM A LUA*_
PARA SE VOS JUNTAR!...

Vao, entao, contando Historias:
Daquelas de Encantar!...
Para que ELA
_PRIMAVERA_
E... A LUA*
Se deixem ficar!
.................

E... se ESQUECAM DE PARTIR!...

Porem, se *ELA*,desejar SAIR,
"intempestivamente",
Por certo, estara' DESCONTENTE
E, muito dificilmente,
Ira', a Vossas Casas retornar!...

Nao A deixem, assim, PARTIR!
Oferecam-LHE vinhos e LICORES,
Contem-LHE mais "Historias de Amores"!
Vejam-NA, entao, SORRIR,
Se ENFEITAR
E...REFLORIR!!!!!

...................


La', por entre uma "historia", ou outra...
Um, ou outro, "Conto de Encantar"...
Falem-LHE de mim;
Para ELA de mim se Lembrar!

Digam-LHE,
Para me procurar;
Me Libertar,
Daquela Clareira:
_Cercada de Sebes Altas
Espinhosas e, Serpenteantes_...
Onde, ainda, estou prisioneira e
Perdida!

Que me leve com ELA*!
Permitindo-me, ainda,
VER A LUA*!
OLHAR O SOL!*
E... SENTIR O PERFUME DAS ROSAS!!!!!

---------------------

*PRIMAVERA*!(??)...

QUEM SABE SE VIRA'!?...
E... QUEM SABE,
SE COM ELA TRARA'
A ESPERANCA* QUE PROCURO
E, NAO SEI ONDE ESTA'!

....................

_QUEM SOUBER;
QUEM *A* ENCONTRAR,
POR FAVOR, ME AVISE:
QUERO-A VISITAR!!!...

......................


Escrito por Heloisa B.P.
Em Londres, aos 21 de Marco do "ano da graca" de 2006*!

----------------------
**********************

*SAUDO MEUS DILECTOS E GENEROSOS AMIGOS*!

Penso, que sera' "inapropriado",repetir os motivos, de minha prolongada ausencia! A MAIORIA DE VOS JA' OS CONHECE, OU OS DEDUZ!... E TEM (CONTINUAM TENDO) A GENEROSIDADE E...PACIENCIA, PARA ME VISITAREM E ME HONRAREM COM PALAVRAS DE *AMIZADE* E ESTIMULO, QUE MUITO ME COMOVEM! E, NUNCA, EM PARCAS PALAVRAS, AGRADECEREI O SUFICIENTE!

ASSIM, AQUI FICA MINHA SAUDACAO*; MEU MUITO OBRIGADA*!!!
E, MEU PROFUNDO DESEJO, DE QUE A *PRIMAVERA*,
SE INSTALE, DE FACTO, EM VOSSAS CASAS E, MUITO PARTICULARMENTE, EM VOSSOS CORACOES!

_GRATA FICO, *AQUELES AMIGOS* QUE *ALIMENTAM MINHA "CAIXA DE CORREIO"_TM_Etc... ALIMENTANDO-ME, DESSE MODO, A *ALMA*!!!_OBRIGADA_!!!

_DESTACO, OS *VISITANTES* MAIS RECENTES, E RENOVO AGRADECIMENTOS!
_BREVE, BREVE, *VOS *VISITAREI*_!!!

_AQUELES DE MEUS DILECTOS AMIGOS*, QUE ENTRETANTO, FORAM *ANIVERSARIANTES*; E, EU, NAO TIVE A POSSIBILIDADE, DE VOS DAR OS *PARABENS*; *ELES*, AQUI FICAM (EM ATRASO!)!_*PARABENS*_!!!!!!

MEU ABRACO AMIGO, MUITO AMIGO!!!
E...*PETALAS DE MIL, VEZES MIL, FLORES*!!!!!

VOSSA, Heloisa.
*****************
*****************


Escrito por Heloísa às 7:27:00 da tarde.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home