(¯`·._.· HELOÍSA ·._.·´¯)

Suas vivências: coerências e incoerências... sua viagem no Tempo presente, atravessando as pontes do passado.

Conterá Poesia, Prosa Poética e uma abordagem simplificada as diversas formas de ARTE.

Minha finalidade é aproveitar este *ESPAÇO* privilegiado, como veículo de comunicação,
para fazer isso mesmo: *COMUNICAÇÃO* e inter-acção entre quem escreve e quem lê e... vê:*VISITANTES DESTE ESPAÇO*

*PERDOEM A AUSÊNCIA DE ACENTOS*

(¯`·._) Escreva-me (¯`·._)

E-mail

(¯`·._) Meu banner (¯`·._)
Conversando com as Palavras
[ Código ]


(¯`·._) Amigos (¯`·._)

Conversando com as Palavras
ASHERA Concurso de Poesia 2008

Ora, vejamos...
Concurso de Poesia
@ Lulu.com
Contacto
ORA VEJAMOS
ALMA MINHA
137 A Base (inexata) da Ignorância
a Barca de Lyra
Afinidade Mily
Algo Tão Doce!
A Direccao do Voo MARIA DO CEU COSTA
Aqui Maria do Ceu Costa
Arde o Azul
A Procura de Cleopatra Marco Antonio
Ao Sabor da Aragem JMTleles da Silva
Art & Design de Isabel Filipe
Betanices BETANIA
Bodeguita
Branco e Preto I AMITA
Branco e preto
Canção de Outono
Cartas e Pensamentos
Casa de Contos
Ceu & Inferno_Larousse
Cidadão do Mundo
Conversas de Xaxa 4 PETER
E Deus Tornou-se Visível
Hora Absurda HENRIQUE
Encosta do Mar ANA
Entre Outras Mil
Et Alors
EternamenteMenina
Fabio Ulanin
From Within
Heloisa conversando com as palavras2
Holísticos
Hora Absurda II
Jornal Mil e Uma Notas
Letras Ao Acaso
Luz da Minha Alma
Oceano sem fim Antonio Soares
Ocasos
Ofeliazinha
Palavras de Algodao
pátria d'água
Pensamentos de Laura
Peter's
Poemas de Amor e Dor
Porto de Abrigo
Quem Tem Medo de Baby Jane
(re)Criando
Rodrigo Della Santina
Tem Poemas
Trilhas do Olhar
Velho da Montanha, O
Vagueando, Carlos
LAGOS (GELADOS) com ou sem CISNES...II,Valquielo Heloisa

*PARABENS MARIA AZENHA*
Word Land
Zadig

(¯`·._) Lembranças (¯`·._)



(¯`·._) Créditos (¯`·._)



This page is powered by Blogger. Isn't yours?

(¯`·._) segunda-feira, fevereiro 28, 2005 (¯`·._)


***QUERIDISSIMA LAURA, PARABENS***

MINHA LINDA AMIGA
***********************
QUE TODO O *PO' DE ESTRELAS*,
como diria minha Queridissima *CRIS*,
se derrame sobre SI*, neste dia 27/02/05*, bem
como, em todos os DIAS VINDOUROS ;que, espero e faco votos, para que se MULTIPLIQUEM ate' ao "incontavel"! Mas... tambem, com quase "incontavel" SAUDE (por MUITA E BOA SAUDE!)........
A FELICIDADE VENHA ATRAS, na "cauda de uma NUVEM BRANCA*!

_Deixei *AZUIS*, para *SI*, no meu outro blog, onde estou tentando (muito "grosseiramente") colocar algumas fotos!

_BEIJINHOS MINHA AMIGA!

Meu coracao VOA para *SI*!
Sua Heloisa.
****************
~~~~~~~~~~~~~
_*MEUS QUERIDOS AMIGOS*,
Agradeco, de coracao, a todos que me tem contactado, via e-mail, a proposito, do "Colapso" do meu espaco para comentarios!

_Nao sei que se passa! (???)...

_Tentarei resolver, no mais curto espaco de tempo!

_Aos que ainda conseguiram deixar comentario, MINHA GRATIDAO, por todas as PALAVRAS belas, para mim e minha Filha!

_BEM- HAJAM!

_E... a *Felicidade e Bem Estar*, esteja convosco e, no seio de VOSSA FAMILIA_!

_Beijinhos!

_Perdoem as parcas palavras, mas e' o que "consigo", por ora!
VOSSA AMIGA, HELOISA.

_Entretanto, a Querida e sempre gentil *MENINA-MAROTA*, lembrou-se de ir deixar, a Sua sempre Amavel e Amiga mensagem, no outro "recem nascido" blog, "irmao" deste!
_OBRIGADA!
****************

_*ZE' (Letras Ao Acaso), *
************************
MUITO OBRIGADA!
*******************
*******************
*AMITA*,
**********
MUITO OBRIGADA!
********************
_RENOVO OS AGRADECIMENTOS A *TODOS* QUE ME CONTACTARAM POR E-MAIL, e... ate', por TM!
_SEJAM FELIZES!!!!!!!!!
************************H.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Escrito por Heloísa às 2:07:00 da manhã.

1 Comments:

At terça-feira, 01 março, 2005, Blogger heloisa said...

Sera' que isto funciona???
Estou testando!
Acho que "Isto2 apareceu AQUI quase por milagre!_VEJAMOS!
Meus Amigos*, se isto resultar, ja' podem deixar vossas mensagens por este meio! porem, estou tentando por o outro a funcionar normalmente!
Beijinhos!
_Perdoem minhas "insonsas" palavras! mas, isto anda mesmo pels "ruas da amargura"!!!!!
ATE' SEMPRE!
Vossa, Heloisa.
*******************

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



(¯`·._) quinta-feira, fevereiro 24, 2005 (¯`·._)


***MINHA PRINCESINHA NASCEU HOJE***

*HA' 30ANOS ATRAS!*
**************************
Era uma tarde de SOL*!
E... Brilhou mais luminoso em meus olhos e coracao, quando as 13:30H,
Me colocaram no Peito, um* Novelinho de Carne Rosadinha* e, em cetim e veludo, era o seu "toque"!!!!!!!!!!............

Tinha o nariz e boca mais pequenino e, belo, que jamais havia visto (Seus irmaos eram igualmente BELOS! Mas ,aquele tamanho de narizinho e boquinha foi unico!)!!!!!!!!!

_Minha Alegria era (e' ) inenarravel! _Minha PRINCESA!_MINHA MENINA (unica Menina!): Ela, e' unica, no meio dos rapazes!
_Hoje, possui ela, duas Princesinhas (com seus narizes bocas e demais elementos corporais de
Beleza IMPAR_Para Ela e, para MIM!).........

_S,e me pusesse aqui a contar ,a quantidade de Alegrias, Risos e Maravilhas que Ela fez e provocou... esgotava o "Espaco" disponivel para "BLOGUES"! E... dava-Vos conta da paciencia_!...
Assim, vou resumir em poucas e simples palavras .E, exclamo apenas:_OBRIGADA O' CEUS E TERRA! O' FORCAS DO BEM QUE GERIS OS "DESTINOS"_OBRIGADA BOM DEUS_!
_ OBRIGADA, POR ESTA MENINA ENCANTADORA:_PRINCESA ENTRE AS PRINCESAS (no meu reino)"FADA entre as FADAS (do meu imaginario!)_ESTA FILHA MARAVILHOSA, QUE TRINTA ANOS ATRAS, FOI COLOCADA NOS MEUS BRACOS, NO MEU COLO :_LA' SE INSTALOU E, NA MINHA ALMA!!! E... DE LA', NAO SAI ,NEM NA HORA DA MINHA MORTE:_AMOR DE MAE, ESTA' PARA ALEM DA MORTE_!!!!!!!!

E.... neste DIA, CANTO UM HINO A *VIDA*_A DELA_!!!!!!!!

_PARABENS FILHA AMADA_!

_ENCONTRA O TEU *CASTELO ENCANTADO* E... VIVE NELE *ABENCOADA* E, RODEADA DE TUAS FILHAS, TEU MARIDO; E... DE MIM (DE NOS, TODOS QUE TE AMAMOS: nos Bons e menos bons momentos!)!!!.............

_Se eu tivesse magicos poderes,
Dava-TE a VIDA, quando a estivesses a perder!

_Dava-TE o SOL*
quando se fizesse Sombra em Teu Coracao
_Sombra em Teus OLHOS_!

Oferecia-TE o MAR
para nele Navegares e, teus Paraisos Sonhados conquistares!...

_Punha a *LUA* em Teu regaco
para com Ela Brincares, dancares e...
Te ILUMINARES!

_Dava-Te o Vento
para te conduzir ,rapido ,ao encontro dos teus SONHOS!...

_Fazia cair do Ceu, as Estrelas*
para te nao perderes no caminho
e, seguires o trilho da sua LUZ!!!

_Derramava flocos de Neve nos teus Cabelos
para te enfeitar e fazer rir! e... cantar, recebendo os branquinhos flocos ,no rosto e nas maos!

Punha a teus Pes um *Mundo*,
Atapetado
de veludos e damascos
para que "eles", nao se ferissem, na caminhada
_P'LA VIDA_!!!!!!!!

Oferecia-te um *Cavalo Branco e Alado*
para te conduzir ao infinito e...
te contar as "historias"
antes do Adormecer...
(Aquele das historias da tua infancia, que te contava e, inventava
episodios sem fim!_Tuas Princesas o herdaram_!)....
Enfim...
Oferecia-Te os RIOS!
AS ARVORES!
AS FLORES!
AS PLANTAS!
OS ANIMAIZINHOS
(do Bosque e da Selva)
_TUDO_
(o que existe e eu inventaria!)!!!

_NAO TENHO MAGICOS PODERES_!

Entao, DOU-TE,
FILHA AMADA,
TODA A MINHA ALMA E CORACAO
_Na forma de Olhos, pes, maos_
e...
TUDO, O QUE TE POSSA CAUSAR BEM!!!

_DOU-TE O MEU AMOR
INCONDICIONAL:
_Contra "ventos e mares"_!!!

_Dou-TE, O MEU AMOR DE MAE_!!!!!

_TE BEIJO!
_TE ABRACO!
_TE PEGO AO COLO!
E... VEJO, AQUI, BEM NA MINHA FRENTE,
AQUELE *NARIZINHO*, *BOQUINHA*,
*OLHINHOS*
*MAOZINHAS*
*CORPINHO INTEIRO*...
DE UM *PEDACINHO DE GENTE*:
_TU*, MAGDA*: FILHA MINHA!!!!!!!!

_Tua MAE!
**********************************

_Vou ver, se sou capaz de colocar, no outro "recem-nascido" espaco ,que ajudas a funcionar,
alguma bonita foto, para teus olhos alegrar!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
_Meus Amigos,
para Vos*, meu Carinho e Meu ABRACO!
_Grata por todas as manifestacoes de Carinho que sempre me vao chegando:Via Comentarios, Via Mail, Via TM.etc...

_SEJAM FELIZES JUNTO DE VOSSAS FAMILIAS E AMIGOS!
Heloisa.
**************


***POESIA***
***************

**poema da simplicidade**
__________________
imagem

Este pássaro tem deus lá dentro?
E também pousou no ramo de uma árvore?
E cantou?
Mas que sabe ele de tudo isto ou do universo?
Eu passei por ele e vi-o.
Senti-o por onde a água passou
Falei-lhe de todos os meus sonhos.
Ficou na árvore a cantar em todo o universo.


Talvez seja por isso que esta pedra onde me sento
E todas as manhãs me atravessam como uma ponte
Sejam uma alegoria ao mundo
Inclusive ao meu próprio sono e aos meus pequenos versos.


Sim. Porque eu durmo
Quando pelo raiar do dia
Que não é o mesmo para todos em todo o lado
Se soltam pássaros do meu corpo
E voam para longe nesta simplicidade.


Dou conta neste momento
Que eu e o pássaro e deus lá dentro
Tudo voou.
Quem sabe se não é este o mistério da santíssima trindade
Que não o entendendo se me mostrou?


***maria azenha***
*******************

(Perdoe, minha AMIGA, o "roubo"! mas, achei lindo para "enfeitar" a minha filhinha!)

Ver mais AQUI:

http://patriadagua.blogspot.com/

*************************

***POETA***
___________


A noite pertence ao alto poeta
Divagando, ilusão discreta
Faz os leitores sonhar
Percorrendo os caminhos
Acompanhado ou sozinho
Com um sorriso p’ra dar
Seus amores são imensos
Desde o A até ao Zê
E querem saber porquê?
Vendo a forma de cada letra
A cor, o som, a beleza
Que cada emite ao desenhar.
Umas lembram pradarias
Outras, mares, nostalgias
Ventos, também luares
Desertos, oásis incertos
Sóis, brilhos, estrelares
Universos coloridos
Nuvens, doces abrigos
Melancolias d’estares
Silêncios d’amena música
Encontros de véus e túnica
Maviosos deslizares
Tudo serve, tudo é vida
Tudo morre ou intriga
Tudo passa a fenecer
Ou em luz a renascer
Para correr, parar, não ver
Ouvir ou emudecer
Pensar ou só amar
Ouvindo música a pairar
No silêncio ou na distância
Tanto faz, tudo é poesia
Entre ânsias e acalmias
Falar do poeta p’ra quê
Se a vida é o que lê
Cada qual em seu mirar
Aquilo que sente agora
Em segundos, sem demora
Torna-se fumo no ar
O poeta é um belo pensador
Do faminto, sedento leitor
Poeta, eu te bendigo
Por existires, amigo
Na música que trazes contigo
posted by amita at 7:10 AM on Feb 15 2005


AMIGA*,
Perdoe o atrevimento!
Achei-O lindo!
Beijo.
_Vejam (Leiam), Meus Amigos, mais Belissimos POEMAS da AMITA*
AQUI:

http://branco-e-preto.blogspot.com/

******************************

E, para finalizar, aqui, vou deixar a PROSA POETICA
de *Letras Ao Acaso*:
Bem conhecido da maioria dos meus AMIGOS! E,, so' me atrevo a traze-Lo aqui, baseada no SEU OFERECIMENTO (feito ha' algum tempo), de que, poderia eu, usar os Seus *Trabalhos Escritos*, quando e, como entendesse!

_Pretendo, voltar, mais tarde ao "ZE'":
*LETRAS AO ACASO*,
com mais pormenor e cuidado, como Ele merece!
_Hoje, e' apenas, para oferecer mais uma "prenda" a minha filha e, da'-Lo a conhecer, a algum dos meus leitores e Amigos, que ainda O nao conhecam_Coisa que duvido_!

_ZE', PERDAO por este "aparente abuso"_!
_Minha filha, gosta de O ler: esta' habituada, quando tem tempo, a le-Lo comigo!

E... fica o Meu Amigo, muito BEM, aqui ao lado de DUAS MARAVILHOSAS AMIGAS!!!....


Inutilidade
O deter-me na inutilidade da sombra sabendo que um Sol rubro se me escapa entre dedos e memórias num movimento curvilíneo que em vão tento acompanhar semeando-me o pensamento com – sempre a inutilidade – momentos de profunda descrença no raiar do novo dia que trará o astro-rei de novo ao exacto local por onde ontem e ainda ontem e ainda há muitos milénios se levantou iluminando as sombras difusas que tecem verdadeiros labirintos de imagens pregadas num tecto acastanhado de madeira envelhecida pelo decorrer de muitas idas e vindas do magnífico foco luminoso a que chamamos Sol.
Ainda o som estonteante do ribombar estranho e línguas de fogo que se escapam apanhando corpos e tingindo-os de rubro numa apoteose de homens enlouquecidos com o cheiro a sangue repugnante, repugnante.
No ar elevam-se colunas de fumo e folhas sopradas por ventos fortes espalhando loucuras sangue e lágrimas.
O sussurro beligerante de um trovão antes anunciado pelo rasgar de um flash luminoso enfeita o céu negro e cinza que irrompe em catadupas de água caindo sobre um solo árido regado a vermelho intenso e corpos caídos de bruços.
Do anacronismo deste absurdo não é possível tecer filosofias nem desculpas nem nada.Jazem no chão em figuras esventradas por delírio de alguns que jamais apagarão a infâmia.
O sentir os meus dedos percorrerem movimentos circulares como se as letras dependessem desse acto tão corriqueiro em tentativas sucessivas de aperfeiçoar a prosa. Inutilidade.
Dos lábios sequiosos que observo em contraluz e nos sombreados esqueléticos de árvores despidas por tormentas incomensuráveis folhas esvoaçantes decrépitas e o Sol que vai e volta após passar a linha invisível do horizonte onde tudo começa e acaba.
Do absurdo de tudo isto a resultante é uma incógnita.
No acertar o passo lento, lento pelo sombreado difuso aparecerá a unidade quando corpo e sombra se confundirem numa unicidade desejável [tu e eu?] estará o não absurdo.
O ser um pintor de sonhos sem pincel sem tinta e sem tela…


In "Pisar o risco"
Publicado por LetrasAoAcaso
***************************


_OBRIGADA ZE'!

(Este, e' dos Arquivos)
Leiam mais AQUI:

http://letrasaoacaso.weblog.com.pt/

***************************


*A TODOS, MEU OBRIGADA!*
_Tentarei, mais logo, colocar Imagens no "irmaozito" deste "Conversando", vejamos se consigo!
Vossa, Heloisa.
***************
+AQUI:

http://heloisaconversandocomaspalavras.blogspot.com/

*******************************


Escrito por Heloísa às 1:41:00 da manhã.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



(¯`·._) sábado, fevereiro 12, 2005 (¯`·._)


***CEU E INFERNO***

* E MEU QUERIDO AMIGO VITOR*
***************************************
Hoje, faz um ano, que "nasceu" o "espaco" intitulado:*CEU E INFERNO*!
Faco questao, de trazer aqui esse facto, como forma de Homenagear meu muito QUERIDO AMIGO VITOR! Ele, e' um Ser Humano fantastico e, e', tambem, um Escritor Nato!

Faco votos_SINCEROS E "URGENTES"_, de que daqui a um ano, possamos estar a festejar o lancamento do livro:_CEU E INFERNO!

_Nada mais vou dizer. Vou deixar, VITOR, falar por Ele proprio, atraves das Suas Palavras! Assim, tomei a liberdade de ir buscar a Seu BLOG, a Sua primeira POSTAGEM nesse dia, 12 de Fevereiro, do ano transacto!
_AQUI FICA, COM MEU ABRACO, MEU CARINHO E MEU RESPEITO!

_VITOR, ha' muito tempo atras, permitiu-me usar as Palavras Dele, como eu bem entendesse: ESTOU FAZENDO USO DESSA *OFERTA*/PERMISSAO!

_Meus Amigos, que, ainda nao O conhecem: convido-VOS a ler e a tirarem Vossas ilaccoes!

_Meu Abraco de Carinho para todos VOS!
Vossa, Heloisa.
**********************


***CEU E INFERNO***
***********************
fevereiro 12, 2004

INÍCIO


Ando há anos a escrever uma história, que começou por ser um ensaio e somente destinado a mim, sobre uma série de assuntos, sobre os quais tinha ideias já bem definidas. Ideias essas que não conseguia debater com ninguém, porque invariavelmente me deparava com um muro de preconceito, que inibia qualquer tipo de debate. Só que continuo a considerar esses assuntos importantes, pois dizem respeito ao conjunto formado pelas crenças e formas de pensar da maioria da sociedade, que se reflectem na postura e maneira de agir, quer individual, quer colectiva. Publicarei aqui, a história à medida que ela for sendo escrita. Claro que, e de acordo com a mensagem de boas vindas, estou receptivo aos comentários, que quem quer que seja, pretender produzir e espero que, na realidade, este espaço se torne numa espécie despretensiosa de fórum, em que democraticamente se chegue a conclusões.É que a criatividade do espírito humano não tem limites e quantas cabeças andarão por esse Mundo fora, cheias de ideias, cheias de razão, mas sem terem oportunidade de serem ouvidas e assim darem o seu contributo, que talvez, fosse muito mais válido e razoável, do que as sentenças proferidas pelas “Cabeças Laureadas, que fazem a opinião pública e tocam o rebanho ao sabor das suas conveniências. Assim, aqui vão as primeiras linhas da tal história e venham de lá esses comentários, caso por ventura, elas vos mereçam a vossa atenção.Larousse"

----------------------------------------

CÉU E INFERNO - cap. I (parte - 1)
Há já um bom tempo que esta vontade existe em mim. A vontade de escrever sobre coisas que se passaram, umas vividas por mim, outras não.Tudo está registado nos Arquivos Históricos da nossa Organização. Descrito duma maneira fiel e isenta.Através dos tempos a técnica de Registo Fiel foi de tal maneira apurada, que desde há muito que deixou de haver lugar a distorções semânticas e a segundas ou terceiras interpretações. Quando algo acontece, fica registado. Não só a sequência cronológica dos factos, mas também as emoções e sentimentos lá ficam para que se alguém consultar o Arquivo, saiba exactamente o que se passou, sem julgamentos morais, sem condenações de qualquer espécie.No apurar desta técnica que a ultra-vibrologia nos trouxe, esteve sempre presente a intenção do apuramento da verdade, com a qual possamos aprender mais e mais, para que o nosso crescimento individual se possa fazer da forma mais harmoniosa e equilibrada. Claro que não dominamos o conhecimento do nosso crescimento até formas mais evoluídas do que a nossa. Somente sabemos o que se passa em estadios menos evoluídos do que o nosso e creio que ainda muito superficialmente o que nós somos, tal como estamos, no ponto evolutivo em que nos encontramos.Não tenho muito tempo para escrever, pois a direcção deste Sector mantém-me de tal maneira ocupado, que por vezes nem descanso. Mas o cansaço no sentido físico do termo ,há muito que é apenas uma recordação. A partir duma certa altura do nosso crescimento, as nossas necessidades passam a ser outras. Somos vivos. Mais vivos do que nunca anteriormente fomos, mas não deixamos de ser porções de energia, seja isso o que for, pois embora ao nosso nível a manipulemos mais eficazmente, continuamos a não encontrar uma definição com a exactidão satisfatória para o conceito.Como estava a dizer, somos porções de energia, imersas numa quantidade muito maior de energia, que se manifesta das mais variadas maneiras e interagimos permanentemente umas com as outras, realizando permutas para que a vida se mantenha para toda a eternidade e por isso continuamos a ter necessidades ,mas diferentes consoante o estadio evolutivo.Há uma constante que se mantém independente, que é o dar e receber. “PARA RECEBERMOS TEMOS DE DAR E PARA DAR TEMOS DE RECEBER”.Decidi dar satisfação a esta vontade de escrever, pois creio que apesar da exactidão com que tudo está registado, algo ainda falta, a síntese que só um espírito nas suas vivências, com todas as suas imperfeições e limitações, consegue realizar. Não sei para quem escrevo. Provavelmente para ninguém a não ser eu próprio. Mas não ponho a questão nestes termos por egoísmo, ou por necessidade de preservar apenas para mim, qualquer forma de conhecimento que não pretenda partilhar com os outros. Faço-o por satisfação pessoal, por uma questão de gosto e de amor no sentido lato do termo, pois sem ele não podemos viver. É ele o elo que nos mantém e que ninguém tenha a pretensão de viver sem ele. Em toda a caminhada que tem sido a minha vida nas suas diversas nuances, que não sei ainda quando começou, tem sido esse o grande ensinamento e conteúdo que extraí. O que vou descrever passou-se há muito tempo. Faz parte das minhas memórias, que hoje acaricio e guardo com carinho no meu íntimo, já isento de ressentimentos, o que faz com que me sinta em paz e mais livre do que alguma vez anteriormente me senti. As coisas deixaram de ser um fardo e felizmente que o Todo Poderoso me doou esta felicidade que me comove e que desejo partilhar com todos. É um sentimento de união e comunhão com todas as criaturas deste Universo, que me habita e me faz pôr estas memórias sob esta forma. Sei que outras criaturas mais evoluídas estarão mais felizes ainda. São seres que passaram por este plano e por este lugar e quem sabe, talvez tenham feito o mesmo que eu neste momento estou a fazer. Talvez um dia o venha a descobrir...
Posted by as1586575 at 07:06 PM Comentários: (2)

CÉU E INFERNO - cap. I (parte - 2)

_Convido-VOS, meus Bons e pacientes Amigos e Leitores, a Lerem um pouco mais, neste meu outro "espaco", criado ha' pouco (ainda imberbe), onde poderao tambem apreciar, como meu AMIGO *LAROUSSE*/VITOR*, para alem de Escritor, e' tambem, um Artista em outros aspectos. Sendo ainda, um Empresario e, um Profissional, de garra e valor!!!...

As Imagens que la' se encontram, sao de SUA ARTE E ENGENHO e, que, com a GENEROSIDADE que Lhe e' caracteristica, me ofereceu:_AQUELAS E OUTRAS_!!!!!!!!!!

_Peco-Lhes pois, a gentileza, de irem La' observar e continuar a leitura, quando isso, vos for conveniente e aprazivel!

_Meu Obrigada e Meu Abraco!

_Deixo o "link". Mas, se nao ficar directo, por favor, vao ao POST anterior, que ele la' esta':_eu, com esta "coisa de links" e, etc... sou aquela "santa desgraca"!..........
********************H. (*:*)
******************************

http://heloisaconversandocomaspalavras.blogspot.com/

-------------------------------------
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Escrito por Heloísa às 11:32:00 da tarde.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



(¯`·._) domingo, fevereiro 06, 2005 (¯`·._)


Brincando com o Tempo Desafiando o Tempo

*Nao sei se, sou eu que O desafio, se ELE, me desafia a mim!(?)*
******************************************************
Eu e o Tempo, ha' muito que andamos de "candeias as avessas"!
Eu exijo dele, que satisfaca as minhas necessidades e "caprichos"!
*Ele*, rebela-se, porque se sente ferido nos seus brios de SENHOR_PODEROSO E DITADOR_!!!

Entao, "volta que nao volta", temos grandes discussoes e "amuos"!!!!
Eu, por vezes, tenho a pretensao de sair vitoriosa!_Ai' vou eu, embandeirando "sucessos e vitorias"!E, faco com "Ele" o jogo de "cabra-cega":QUEM ME AGARRA!???_TU, NAO! *SR TEMPO*, UFANO E REZINGAO!!!!!!!.........

Contudo, meus "Louros de Gloria", rapidamente esmorecem, fenecem e jazem caidos no Jardim da minha Esperanca!.......

_"Tempos" depois, apos descansar da "refrega e da "perca"... ganho outra vez forcas, limpo e lustro as "armas" e, ai' vou eu para nova batalha, contra esse "Vil Ditador"_*Senhor do Mundo* e dos pertences dele_!
_Batalha renhida, sem desfalecimentos: golpe aqui, arranhao ali...
"perco um "membro", coloco uma "protese"! perco o "coracao", remendo com uma "emocao"!... Enfim, nao quero desfalecer, nao me quero dar por vencida. Mas, a luta e' desigual e o "GIGANTE", depressa toca as trombetas da Vitoria"!...
Entao, eu, despojada e sem gloria, volto ao meu "castelo de portas remendadas", com pedacos de "serapilheira", porque a "madeira" e' um bem valioso e "raro", nas florestas de meu "feudo"!!!!!!!

_Presto vassalagem ao "Senhor"!
_ "Ferida e maltrapilha", prometo obediencia ao "Tirano"! Mas, nao o faco de livre vontade e expontaneo coracao: faco-o, sobre a "pressao ameacadora",DO SENHOR DA VIDA!
_DO SENHOR DO ANTES E DEPOIS_!!!!!!!!.....

_Recolho os destrocos das armas, junto as migalhas, limpo o suor, remendo as vestes e... sento-me a olhar o SOL!!!!!!!!!!!
Penso, que eu penso... que o *SOL*, e' o SEHOR DO TEMPO!(???)_SEU AMO E SENHOR!
Cogito, entao, fazer Dele (esse poderoso ASTRO-REI) meu aliado!_Tento conquista'-LO!....
_Tentativa va e louca!_*ELE* o *REI ASTRO*, ja' foi "Seduzido" e tem como aliada, a bem-amada e apaixonda *LUA*!!!
As outras Estrelas e, demais "Corpos Celestiais", dao o seu voto e formam a "Corte" deste *PAR REAL*! e, velam ante os "aposentos reais e celestiais",
onde SOL E LUA se "encantam" e se Amam, ao som melodioso das "Harpas" e "Violinos"!
_O MAR E SUAS ONDAS FAZEM CORO_!
_O *TEMPO*, ASSISTE E PERSISTE NA SUA TIRANIA_!!!!!
_Eu, fecho os Olhos, as Portas, as Janelas e a ALMA!!!
_O "TEMPO" OBTEVE MAIS UMA VITORIA_!!!.......
********************************
---------------------------------------

_Meus Queridos Amigos, falta-me de facto ,o "tempo", para Vos dedicar e me deliciar com Vossas Palavras!
_Venho aqui, Agradecer algumas, das que me OFERECEIS_!
_Deixo-Vos o Meu Obrigada e o meu Abraco!

Vossa,Heloisa.
--------------------------
(Tenho continuado a tentar, colocar aqui os Links, de Todos os que ,gentilmente, e com amizade e Carinho me visitam. Mas, minha absurda
falta de conhecimento, imaginacao e habilidade, nao mo consentem!
_Aguardo que minha filha disponha de algum tempo para me ajudar!).
------------------------------
------------------------------

*UM POUCO DE POESIA*
*************************
*MARIA AZENHA*
_______________


*ESTE É UM TEMPO DE TERROR*
__________________________

este é um tempo de terror
um tempo de máscaras
um tempo de Príncipes sem coroa

os navios partiram
nunca mais regressaram

hoje
ao som de guerras
os homens
esfomeados

comem no deserto ervas

de que valeram
todas estas gerações angélicas
para a construção da Alma?

vivemos sem dúvida
um tempo de horror
um tempo de máscaras

um tempo de bolor

A Terra,
um lugar desformatado,
feio
esférico

sem pessoas,

nem jardins para o Amor

***************************
-----------------------------------
***************************Do Site de MARIA AZENHA*
Neste endereco:
http://www.geocities.com/rogelsamuel/azenha2002.html

*HELBERTO HELDER*
************************

*AS MUSAS CEGAS VIII*
__________________

Ignoro quem dorme, a minha boca ressoa.
Despedir-se dos meses é uma nova tarefa, um ofício
inquieto. Às vezes na noite
veja as casas pequenas, as rosas que se voltam
para o subterrâneo e subtil
ruído da seiva. Penso nas mulheres
de pálpebras descidas, no seu espírito
expansivo querepousa. Nas crianças que
enlouquecem
silenciosamente dentro da sua inocência.

Às vezes na noite ainda jovem, mas
que principia a engolfar-se no seu doce
hermetismo - tantas vezes
penso na chuva, e nos corpos, e nas pontes onde
se encontra alguém
com as cegas mãos escorrendo para o fundo
o sangue de uma imensa
inspiração. Eu sei: despedir-se dos meses
é um ofício inquieto.

As luzes, as mesas, as armas antigas, os jardins debruçados
nas violas paradas. Não sei o que há
tão veloz e tão firme
na base de um homem. Às vezes vejo
que é uma invencível doçura, um espanto
colorido em redor de uma casa, uma raiva
generosa nas mãos iluminadas.
Mas no fundo, no fundo,
é a boca desmanchada que sangra devagar.
Ignoro quem dorme, é um ofício novo e louco,
uma tarefa perene do coração
sobre quanto se ignora. Minha boca ressoa.
Os próprios meses ressoam com espelhos ardentes,
como telhados, cúpulas, livros,
como objectos ardentes.

Sobre um rosto eu diria: é um rosto? Sobre
uma vida eu perguntaria se era
a força de uma vida. Porque os ossos e as veias
vão de corpo para corpo,
e despedir-se de tudo é um ofício inquieto.
Tudo isto é uma musa, um poder, uma pungente
sabedoria. As rosas que há
nas palavras, as palavras que estão
no alto como fungos luminosos, as palavras
que gravitam em baixo
no instável momento que avança e recua
ao pé da eternidade - as mãos
rodeando uma lâmpada, essas mãos
docemente cobertas de sangue - tudo isso
disposto para a inquietação de um ofício.

Eu sei: as vigas da cabeça estremecem um pouco.
Partem-se, aqui e ali,
alguns arcos secundários. Uma vida pode tremer
do princípio ao fim. É instantâneo,
eterno. Mas é o homem
que recebe a inspiração violenta.
Ignore quem dorme, a minha boca está no fundo,
móvel, coberta de sangue, a minha
boca ressoa como as cavernas de um barco,
a minha boca da minha vida
é um ofício. O meu ofício de despedir-me
um pouco engolfado na loucura.
A minha tarefa inquieta de pôr a vida
na sua oculta loucura.

Tudo isto canta na galeria dos meses
ornados de delgados mastros
acesos. E despedir-se dia a dia
desta torrente de pequenas imagens alucinadas e mansas
é um mester ainda jovem,
algo que se aprende lentamente com as mãos
e a garganta e a testa
e o marulho das águas que correm profundamente
em lugares inacessíveis,
sem nomes nem janelas por onde surja a cabeça
coroada de violinos.
É um violento ofício, e no fundo desse ofício
violento e puro,
a boca está coberta de um perturbado sangue
masculino.
**********************
----------------------------NO TRIPLOV
Neste endereco:
http://www.triplov.com/herberto_helder/musas_cegas/pages/doppler_08.htm

Este e' um EXCELENTE SITE, para os amantes de POESIA de LITERATURA em geral!
------------------------------
_Voltarei a estes Autores!
-----------------------------
FIQUEM BEM!
~~~~~~~~~~~~~~~~~





************************


Escrito por Heloísa às 4:15:00 da manhã.

1 Comments:

At domingo, 06 março, 2005, Blogger heloisa said...

Teste.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home



(¯`·._) sexta-feira, fevereiro 04, 2005 (¯`·._)




O IRMAO
(ainda na incubadora!)

http://heloisaconversandocomaspalavras.blogspot.com/


Escrito por Heloísa às 5:36:00 da tarde.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home